Muitos programadores iniciantes acabam encontrando dificuldades na hora de usar recursos da biblioteca Padrão do C++. Muitos acabam até se habituando ao uso de algumas bibliotecas do C++ e algumas bibliotecas do c. Mas além de apenas usar por usar é muito vago, um bom programador deve estudar o conteúdo de cada biblioteca e aprender sobre o funcionamento de suas classes, objetos, manipuladores e funções.
Um exemplo é o programa abaixo:

Analizando o funcionamento do comando include em C ++.
#include <iostream>
#include <cstdlib>

using namespace std;

int main(){

cout << "Este e meu primeiro programa em C++" << endl;
system("PAUSE");
return 0;
}

Muitos alunos que passaram a estudar através do blog, me perguntaram no início qual a função que as duas primeiras linhas de código do programa exerciam. E o pior é que tem gente já querendo fazer editores de texto sem nem ao menos ter idéia do que é uma biblioteca.

Não os culpo por não saber, pois o conteúdo de ensino da linguagem C++ na internet em português ainda é muito escasso, espero ajudar muitos com as postagens do blog.

Bom vamos a uma breve análise do código. Na primeira linha usamos o comando "#include ", começamos o comando utilizando o caractere "sharp", para indicar ao pre-processador no momento da compilação de nosso programa que ele deve processar comendos específicos nessa linha. Usando o comando "include ", dizemos ao pre-processador que deve incluir em nosso projeto a biblioteca padrão "". Essa biblioteca carrega todas as classes, manipuladores, objetos e funções responsáveis por tratar o fluxo de entrada e saída de dados de nosso programa. Em seguida instruirmos o pre-processador para incluir a biblioteca padrão "". Essa biblioteca carrega recursos de estao de ambiente tais como a função "sytem()".

Resumindo, bibliotecas são códidos pré-programados na linguagem para que seus recursos possam ser reutilizado no momento da programação.

Quem quizer saber mais sobre bibliotecas do C++ basta assistir nossa aula 08. As vídeo-aulas estão no menu "Video aulas".

Valeu Galera.

8 comentários:

Thais Giampaoli disse...

Parabéns pelas aulas, vc explica muito bem. faço SISTEMAS DE informaçao a distancia e estava levando uma surra a um tempao. graças a vc estou começando a entender e gostar deste universo da programaçào. obg e continue com as postagens!
Abraços

Isaac Flora disse...

Obrigado cara Thais, que bom que você está gostando das aulas. Vamos continuar as postagens sim. Obrigado e bons estudos.

Anônimo disse...

Isaac meu chara, me informa uma coisa, lógica da programação ajuda a ser um programador C++?

Isaac Flora disse...

Olá caro amigo, Estudar lógica de programação é muito importante sim e ajuda muito pois todo programador deve ter o raciocínio lógico bem desenvolvido. Mas não precisa ser fera em lógica para começar a estudar C++. Você pode ir desenvolvendo eu raciocínio lógico com o tempo. Mas se tiver tempo de estudar eu recomendo. Vlw

ªÇ*`P»?= disse...

Eu sou iniciante mais eu quero ser um programador excelente!
quero agradecer o Blog e dizer que continuem assim, porque convosco xtou aprender tanto, ressalvo, porque com certeza existem muitos outros, portanto digo convosco xtamos aprender muito!
meu endereço é "maripedro2366@hotmail.com"

danyllor14 disse...

Ótima publicação! Após lê-la torna-se clarividente a ideia de bibliotecas em linguagem C++ e me arrisco a dizer que este conceito sobre bibliotecas se estende para qualquer tipo de linguagem.

danyllor14 disse...

Ótima publicação! Após lê-la torna-se clarividente a ideia de bibliotecas em linguagem C++ e me arrisco a dizer que este conceito sobre bibliotecas se estende para qualquer tipo de linguagem.

Anônimo disse...

Com certeza vejo neste blog o método mais simples para aprender c++. Obrigado a todos vocês

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
top
BlogBlogs.Com.Br